terça-feira, 30 de agosto de 2011

Farofa Carioca

Comprei um quilo de farinha, pra fazer farofa, pra fazer farofa- fá
Comprei um pé de porco, farofa-fá
E orelha de porco, farofa-fá
Pus tudo isso no fogo, farofa-fá
E remexi direito, farofa-fá
(...)

Quem não se lembra dessa musiquinha do Silvio Brito? É das antigas, eu sei... mas quem ouviu uma vez não esqueceu jamais, não foi?

E este é o nosso tema de hoje, minha gente! Farofa-fá! Tem coisa melhor no mundo? Tem Mari? (Toda vez que eu como farofa eu lembro da Mari, uma amiga querida que em uma conversa sobre qual a nossa comida preferida, ela nem titubeou: "Ah... a minha é farofa!!!")

Vou ensinar pra vocês uma farofinha vapt-vupt, mega-ultra prática que nem suja a panela. A receita é da Tia Marilandi, a nossa master chef da família. A Marilandi é daquelas cozinheiras que tudo fica bom, sabe? Faz a melhor sopa de cebola do universo, o bolo mais fofinho que já comi (e olha que ela abre o forno a qualquer hora...) e é totalmente impossível visitá-la e não trazer uns quilinhos extras pra casa!

Vamos à receita, é uma Farofa de Couve (para 2 pessoas gulosinhas):
  • 100g de couve manteiga picadinha (compre aquela de bandejinha que já vem picada, a mais fininha que encontrar e aí pique de novo, beeeem picadinha)
  • 9 colheres de sopa de farofa pronta (eu faço com a Yoki de milho)
  • 3 colheres de sopa de azeite extra-virgem (um bom azeite faz diferença, viu?)
  • só isso!!!!
Mistura tudo - a couve crua, viu? - e... tá pronto! Fica crocantinho, bom demais...


A couve é rica em vitaminas A e C, possui cálcio, fósforo, ferro e betacaroteno. É rica em fibras, combate a úlcera péptica, a bronquite, artrites e dore reumáticas e ainda dizem que tem efeito calmante.
O azeite de oliva reduz o colesterol ruim - LDL - e ajuda a prevenir as doenças cardivasculares.
E a farofa Yoki... ah, a farofa deixa a gente feliz!

Para picar a couve bem rapidinho, uma mão na roda é a faca mezzaluna da Tramontina:


Esta vale o investimento, viu? Depois você só vai querer usar ela pra picar a salsinha, cebolinha e tudo mais.

Ah, e a trilha sonora enquanto você prepara a receita é o Farofa Carioca, grupo que deu nome ao nosso post. É de lá que veio o Seu Jorge, e são músicas que vão animar o seu dia! Aproveite!



Update: Cozinheiras de plantão: não é pra refogar a couve, viu? É pra comer crua mesmo, é isso que deixa essa farofa diferente e super super crocante!


7 comentários:

Angi disse...

Laura!
Acho que é coisa de cancerianas, eu amo farofa, como farofa até com arroz!
Sério, adoro!
Adorei a receitinha, vou fazer com certeza, farofa-fá e crocante, adoooro!
beijocas querida

Marth disse...

Hum q deliciaaaaa.........
Ja descobri onde encontrar a Yoki em Londres.... falta a couve :)

Cris disse...

Consegui aparecer nos seguidores finalmente!! Uhuuu!! Adorei essa receita fácil e prática! Parabéns amiga pelo blog! Como tudo que vc faz: com carinho e super bem feito!! Bjsss

Laura D. disse...

Façam, façam meninas! Muito rápido, muito prático e muito bom demais da conta!!!
Cris, que bom que vc agora está aqui!!! Beijos mil pra vcs todas! :)

Telma disse...

Hum! Assim ate o Henrique come couve ! Você tem aquela receita da farofa de pão?! Tb é uma delicia! Beijos

Laura D. disse...

Tenho sim, mas esta é super calórica... Vamos deixar pra depois do verão?!!! Beijos!

Laiz disse...

Hummmm..adorei a receita!!! Adoro couve e farofa...ahhhh e Farofa Carioca...tudo de bom!!!! Essa faca é uma ótima dicaaa... bjoooooo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...