terça-feira, 23 de agosto de 2011

Lima-limão

Você já deve ter reparado na confusão em que se transformam algumas receitas quando traduzidas para o português, não? Uma bastante comum é quanto ao uso do limão. Isso porque tanto na Europa quanto nos Estados Unidos a variedade mais consumida é aquela que aqui chamamos de limão siciliano, o da casca amarelinha:


O que acontece é que na maioria das traduções, o limão siciliano acaba virando apenas "limão", que no nosso costume, equivale ao limão tahiti:


Às vezes a receita continua dando certo, mas em sua grande maioria ela não funciona - fica azeda demais - e a gente termina jogando toda a culpa no tradutor descuidado. Certo?
Errado! O grande problema está na confusão que fazemos aqui no Brasil: o nosso limão tahiti, na verdade, não é limão!!! Isso mesmo, minha gente, ele é uma lima ácida! O siciliano sim é o limão propriamente dito, ou limão verdadeiro
Então, fique atento nas próximas vezes: receita traduzida onde houver limão é o siciliano, e onde houver lima, é o nosso limão tahiti!

O limão (ops, a lima tahiti) tem reconhecido valor na medicina, e caso você queira saber um pouco mais sobre seus efeitos curativos, tem livro novinho, lançado este ano pela Larousse do Brasil:


Já na culinária seu uso é extenso, você bem sabe, mas ao contrário da facilidade na extração do sumo, a utilização da casca é mais delicada e corre-se o risco de amargar a receita. Então, se você adorar comidinhas com raspas de limão, fique atento que tem dica nosso próximo post, ok? Até amanhã!

5 comentários:

Telma disse...

Nossa!!! Que legal, eu não sabia! Vai ser difícil eu me arriscar a pegar livro de culinária traduzido, mas adorei saber da curiosidade! Beijos

Marth disse...

eu sempre falava com o Ini que o certo era como a gente fala.... ehhehe perdi a razao! :P

Laura D. disse...

Ah, Marth, eu também passei por isso!!! Outro dia estava vendo um programa de culinária na TV e a tradução do limão tahiti veio como lima e eu "ê tonto, isso é limão"! Confusão resolvida agora, né? Beijinho pra você!

Marcelja e Degani disse...

Essa é a filha da I am Luz! Antropologia culinária à "La Olivier" com dicas de nutrição! Arrazou! As peças coloridas que voc~e postou são lindas e eu uso muito colorido aqui em casa porque é tudo de madeira pesada, sem quebrar com a cor, dá depressão! Mas pra vestir, né... Vc não acha meio "restart"?

Laura D. disse...

É mesmo! Será que foram eles que lançaram a moda???

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...